DEPOIMENTOS

Manon

Soundbridge

 

Aos 9 anos de idade comecei a ter aulas de flauta no Conservatório. Eu também aprendi a tocar corneta e trombone. Em um concurso de música para jovens músicos eu fui considerado o segundo melhor e aos 16 anos concluí com êxito a minha formação como maestro. Eu não posso imaginar minha vida sem música.

Aos 18 anos de idade, quando iniciei o meu aprendizado, eu recebi o meu primeiro aparelho auditivo. Este foi o fim da minha carreira musical. Tentei por um longo tempo viver sem aparelhos auditivos e convivendo diariamente com uma audição ruins, até que esta situação não era mais possível. Eu tive que deixar minha orquestra e desistir de muitas outras coisas.

Após se mudar para um lugar novo, me tornei o primeiro trombonista em uma orquestra de bronze moderna, de primeira classe em Neuenkirchen em 1997. Minha audição piorou e eu não conseguia mais seguir as instruções e explicações do condutor . Mais uma vez eu recebi próteses auditivas convencionais. Eles me permitiram escutar muito mais, mas a reprodução da música, para não mencionar a condução de uma orquestra, era absolutamente impossível.

Eu finalmente recebi meu Soundbridge em 2002. Seis meses depois, meu outro ouvido também recebeu um implante e, agora eu posso levar a minha vida como eu fazia antes. Eu sou capaz de reproduzir música e trabalhar como um condutor suplente na orquestra em Neuenkirchen.

Heiko, o condutor da nossa orquestra, também está entusiasmado os meus aparelhos de alta tecnologia: “Desde que começou a usar o Soundbridge, Manon envolve-se com nossa orquestra ainda mais. Ela ajusta o volume muito bem e sua entonação é excelente. Ela melhorou ainda mais com os implantes do Soundbridge e contribui muito positivamente para a orquestra.”

Peter

Um pequeno milagre com um resultado gigantesco

 

Na verdade, é possível para mim, resumir a minha história em três frases: Eu ouvi bem por muitos anos. De repente, eu fiquei completamente surdo e não conseguia ouvir nada. Eu fiz uma cirurgia e voltei a ouvir novamente graças a um milagre técnico da empresa MED-EL.

Meu nome é Peter, eu nasci em 1955 na Tchecoslováquia, onde passei minha infância e juventude. Eu moro na Alemanha há mais de 20 anos. Sou casado, tenho dois filhos e sou um economista.

Michel

Usuário do VIBRANT SOUNDBRIDGE escala montanha no Himalaia

 

Michel M., um usuário da França do Vibrant Soundbridge , chegou recentemente a um dos picos do Himalaia, perto do Monte Everest. Ele subiu em um pico de 5500 metros (cerca de 18.000 pés) e foi capaz de usar seu processador de áudio Vibrant Soundbridge sem quaisquer problemas.

Michel recebeu o seu Vibrant Soundbridge em Marselha, em dezembro de 2001. Antes da implantação, ele usava o aparelho auditivo digital ITE, mas queixava-se quanto a sons altos, retorno e benefícios totais insuficientes.

Com seu Vibrant Soundbridge, Michel agora relata benefícios, como uma grande melhora na qualidade do som em ambientes ruidosos e conforto na utilização. Michel ainda usa um aparelho auditivo ITE em uma das orelhas, mas ele é um candidato a implante bilateral e tem planos de receber seu segundo implante do Vibrant Soundbridge em 2004.

(Michel M., Aubagne, França, michel.majourel@free.fr)